Como criar um repertório de Aberturas? (1)

CFMNa prática, e dependendo do nível de cada jogador, algumas aberturas podem ser mais eficazes do que outras. Pessoalmente na minha tarefa de conseguir os meus alunos a melhorar, eu sou forçado a tomar a visão de longo prazo, isto é, escolher não só as aberturas pode ser eficaz durante um período de tempo, imediatamente, mas escolher aquelas que contribuem para o desenvolvimento do aluno enxadrista. Vou explicar mais detalhadamente esse último pensamento. O Ideal para o enxadrista que quer progredir é compreender as principais estruturas de peões que geralmente se chega ao meio-jogo, entender os tipos de centros e os respectivos planos envolvidos. Não vai ser a mesma coisa para o aluno, repito para o longo prazo, tornar as estruturas e tipos de escolas para que eles chegam jogando com Negras a um Gambito de Dama ou Índia do Rei, que sim jogando um Gambito Budapeste, para dar um exemplo. Estudando Gambito da Dama, tem que se saber as posições peão isolado, peões colgantes ou a estrutura Calrsbard,

estructura-carlsbad-ajedrez
Estrutura Carlsbard

para citar alguns casos e que também estudarmos a Índia do Rei, devemos nos familiarizar com os centros fechados (cerrados) ou centros com peão branco em e4 e o peão preto em e5 e a coluna d aberta. Estas posições são estrategicamente muito enriquecedoras e podem ser alcançadas através de várias outras aberturas. É verdade, que se conhecendo bem o Gambito Budapeste, podemos ganhar jogos de forma rápida contra jogadores inexperientes que caem nas armadilhas escondidas por trás desse gambito, mas não se engane, pois isso a longo prazo não vai nos ajudar em nada. O Gambito Budapeste é apenas um exemplo.

Eu acho que não é muito útil para o jogador que quer progredir, o estudo por exemplo da abertura Larsen ou a Orangotango como abertura das brancas. Você pode acabar sabendo tipos muitas posições exclusivas dessas aberturas que pouca ajuda para entender as principais estruturas e tipos de centros. Para saber quais as aberturas que são as mais úteis de se conhecer, basta olhar para o repertório dos jogadores de elite. Claro que devemos levar em conta o estilo e as características do aluno para descobrir quais as mais convenientes,  e esse será o tema do artigo de continuação desse estudo.

cropped-3d-chess.jpg

XADREZEDUCACIONALhttps://www.facebook.com/groups/xadrez100porcento/

https://www.facebook.com/academiaxequemate/

Revista Digital Xadrez do Norte – http://www.xadrezdonorte.com.br

Clauber Martins – https://clauberfm.wordpress.com/

Um comentário em “Como criar um repertório de Aberturas? (1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s